Já imaginou eternizar uma folha de árvore? Já pensou nesta folha se transformar em um brinco? E imagine além: um brinco, banhado a ouro e – SIM – com a folha de verdade lá dentro. Bom, leia esta matéria até o final e você vai descobrir que isso existe.

Como sempre falamos por aqui, o Minas Trend é, de fato, um celeiro de grandes talentos. Novos designers tem recebido mais incentivo da organização do evento para que se consolidem nesse mercado, que é tão desafiador. Desfiles coletivos e de novos estilistas ganharam espaço na última temporada e a gente apoia esse mindset, justamente porque começar e – se manter – não é algo fácil.

Quando descobrimos marcas que se propõem a fazer algo disruptivo e que ainda tenha um cunho sustentável, nossas palmas são ainda mais intensas. E foi percorrendo o Salão de Negócios da 24ª edição do Minas Trend que fizemos um achado incrível: a Amarjon Biojoias.

A marca é de Juiz de Fora e o seu foco é produzir artesanalmente acessórios que têm, como principal matéria-prima, FOLHAS e SEMENTES. Interessante, certo?

Equilíbrio perfeito entre força e delicadeza!

Folhas e sementes de mais de 20 espécies de plantas são as grandes estrelas da label. As folhas, após serem colhidas (a empresa faz um rígido acompanhamento e garante o controle ambiental), passam por um minucioso processo de esqueletização. Este processo desidrata uma a uma para garantir o máximo de beleza dos detalhes e também eternizá-las mantendo suas principais características: os veios e curvaturas das folhas ficam ressaltados. Por fim, cada folha (ou semente) recebem o banho de ouro 18k e, assim, se transformam em belos pingentes, brincos e colares. Como resultado, peças únicas, super exclusivas, e que eternizam a natureza.

Natureza eternizada com sofisticação e atemporalidade!

Interessante como todas as etapas visam a preservação: até a água usada no processo é reutilizada, sem falar que na composição das peças não é utilizado níquel ou cádmio, que são prejudiciais à saúde. Ou seja: existe respeito com o meio ambiente e também com o consumidor do produto. Toda a cadeia produtiva é levada a sério!

Folha do cerrado, renda portuguesa, arruda, quina, magnólia, tuia, pimenta, café e até açaí se transformam em acessórios belíssimos! Alguns até são modelados para garantir perfeita anatomia ao corpo, se transformando em anéis e braceletes. Biojoias apaixonantes, de verdade! (veja o catálogo aqui!)

As folhas passam por um minucioso processo de esqueletização e modelagem para ganharem formas anatômicas!

Ficou curiosa e quer conhecer as peças da marca pessoalmente? Basta clicar no link para descobrir o ponto de venda mais perto de você!

Maneira incrível de eternizar a natureza com o seu nível de importância: com ouro! Tem coisa melhor?

Vamos encerrar essa matéria com uma citação super pertinente de Ronaldo Fraga, diretor criativo do Minas Trend: “Diversidade, sustentabilidade e cultura norteiam a indústria criativa da moda mineira”. Assinamos embaixo!

 

Amarjon Biojoias
amarjon.com.br
@amarjonbiojoias

 

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Minas Trend / Moda / Novidades / Tendências'