Que Minas Gerais é um celeiro de talentos, ninguém dúvida, né? Primeiro, Marcella Lima desenvolveu bolsas exclusivas para compor o desfile de Vitorino Campos. Depois, foi a vez de Virgínia Barros, designer de calçados, criar botas super diferenciadas para o desfile da GIG (que também é uma marca de Belo Horizonte).

A designer nos contou que o convite surgiu através do stylist Daniel Ueda, que assinou o styling do desfile da GIG. E o desafio de Virgínia era criar modelos únicos, explorando como matéria-prima os tricôs feitos pela marca.

SAPATOS-GIG-SPFW-VIRGINIA-BARROS

Para a composição de um dos modelos, foram utilizadas quatro versões de jacquard com lurex e rayon: floral, animal, trama asfáltica e camuflado. Virgínia Barros desenvolveu toda a estrutura dos calçados em madeira e os modelos ainda ganharam tiras em couro da mesma cor dos tecidos. “Foi feito tudo de forma artesanal, tanto o salto forrado em couro ou laminado, quanto a meia pata embutida. Os sapatos foram todos feitos à mão”, conta Virgínia.

SAPATOS-GIG-SPFW-VIRGINIA-BARROS1

O outro modelo que apareceu na passarela era uma bota com ponteira de metal. “São tantas estampas e cores que o desfile apresentou um mix diversificado de calçados”, finaliza Virgínia.

SAPATOS-GIG-SPFW-VIRGINIA-BARROS2

E tem mais: na sexta-feira, dia 17/03, Virgínia Barros participa mais uma vez do SPFW. Ela desenvolveu os calçados do desfile da Jardin, que também é uma label de Belo Horizonte.

Fotos: Agência Fotosite e Fashionistando

002_RODAPE_SPFW_2016

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Moda / SPFW'