Há quem pense que escolher uma única matéria-prima é algo que limita. Chega uma hora que você não consegue criar nada diferente do que já fez, certo? Errado. E quem afirma isso é Natalia Pessoa, estilista especialista em tricô e que, a cada temporada do Minas Trend, nos revela que não existe limites para uma mente criativa e inovadora.

Como habitual, a marca se apresentou ontem, no primeiro dia de desfiles da semana de moda mineira, e colocou na passarela uma coleção fascinante, toda em tricô (claro).

A coleção foi inspirada na dançarina Luz del Fuego. Além de dançar lindamente, Dora Vivacqua (seu nome verdadeiro), também era naturista, atriz, escritora e feminista. Como ela adestrava cobras, Natalia utilizou esta característica para explorar ao máximo jacquards e estampas de snake.

Outro detalhe interessante, que remete as cobras, foi o uso de franjas, que deram voltas nos vestidos. Este detalhe faz com que pareça que a cobra está enrolada no corpo. Diferente, né?

Vestidos com shapes inspirados em lenços + estampa de cobra

Além disso, Natalia Pessoa também explorou a forma de lenços e criou vestidos e blusas com pontas, sempre lembrando a versatilidade deste acessórios. Calças pantalonas, com bocas enormes, que mais pareciam saias, também ganharam destaque e resultaram em produções de vanguarda.

Fluidez, leveza, listras e pontas (que remetem aos lenços)

O mix de cores também foi uma aposta jovial e moderna, tons de lilás dividiram espaço com o verde bandeira e outros tons vibrantes, como o laranja e vermelho.

Os sapatos, cobertos em tricô, foram resultado de uma parceria com Virgínia Barros. Foi lindo!

Fotos: Agência Fotosite

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Minas Trend / Moda'