Momento delícia: finalmente é hora de ver as tendências que foram desfiladas nas semanas de moda do ano passado chegando em nossas lojas favoritas. E para o verão, muita coisa legal está por vir!

E os bureaus que pesquisam tendências, como o WGSN, também já anteciparam: toques regionais serão grandemente valorizados nos vestuário. Depois da moda Wayuu, de origem colombiana (lembra das bolsas super coloridas, tipo saco, feitas artesanalmente?), o toque esportivo alcançou até o Haute Couture, dando um toque de despojamento até nas produções mais sofisticadas – isso inspirou o nosso último editorial Brasil Soccer Couture.

E, agora, as atenções se voltam para o mood oriental, inspirada no lifestyle milenar do outro lado do planeta.

O quimono, vestimenta super tradicional e mais comumente vista em produções que compõe um rigoroso ritual (no Japão existem sete tipos tradicionais, que variam de acordo com idade, estado civil e ocasião), agora ganha um novo olhar, que exala despojamento e vai muito bem com um bom short jeans para um dia relax. Essa aposta já foi batizada de “orientalismo fresh”.

Nessa tendência observamos a moda seguindo outro rumo, com as silhuetas mais lineares vistas nas semanas de moda internacionais, em desfiles de marcas super famosas. Quer saber identificar esses traços orientais? Basta observar os casacos de ombros arredondados, com mangas largas e mais compridas, em sua maioria chegando ao cotovelo, além do decote V. Outra característica é o uso de prints florais minimalistas, com efeito espelhado. Alguns modelos ainda chegam amarrados na cintura, enquanto outros devem ser usados abertos – fica ainda mais cool! 

Não é difícil identificar os traços inspirados em quimonos, que agora dão vida à várias peças, em diferentes segmentos. Prova disso é que até a moda festa se encantou pelo charme oriental. A mineira Arte Sacra apostou neste shape e apresenta alguns modelos da coleção de verão com esta inspiração.

A diretora de estilo da grife, Marcela Malloy, desenvolveu sua versão após analisar a feminilidade das gueixas e os pássaros tsurus, considerados sagrados pelos japoneses, além das flores de cerejeiras. “Todos os elementos estão com uma releitura contemporânea”, arremata Marcela.

Fique atenta! O bacana é sair do literal e observar como a mistura de materiais confere estilos variados para a peça. Versátil, o quimono é leve e fresco, perfeito para compor um look que antes estava sem graça. Sem falar que ainda dá um descanso aos tão usados coletes e cardigans. E para completar, também é inegável que a peça pode ganhar um toque boho, né?

Nas versões mais casuais é muito comum ver a aplicação de franjas nas mangas e barra, a exemplo dos modelos da Dress To e Florinda.

Os elementos das flores de cerejeira, tão presentes na cultura oriental, ainda inspiraram o desenvolvimento das confortáveis sapatilhas da Anacapri, que também chegam em três lindos prints, para “japonizar” os seus pés.

E aí? Curtiu? Quem mais vai entrar na onda “arigatô”?

Uma Resposta para “Trend: Quimonos!”

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Moda / Tendências'