No salão de negócios do Minas Trend Preview, o segmento de acessórios se revela cada vez mais aquecido. Atentos ao que é lançado pelo mundo, fabricantes de bolsas apostam em uma forte tendência para a próxima temporada: o modelo clutch.

Também conhecidas como “carteiras”, as clutches surgiram para serem usadas à noite, em festas. Mas, o mercado percebeu sua versatilidade e elegância e passou a desenvolver modelos que também podem ser usados no cotidiano. Outra mudança neste cenário é que o tamanho do acessório também evoluiu: minis e maxis são bem-vindas.

A peça é moderna e agrega estilo ao visual. O acessório virou febre entre celebridades e caiu no gosto das consumidoras, que não querem ter somente um modelo básico no closet. Quanto mais aplicações e cores, melhor fica! E durante o MTP encontramos alguns stands que investem neste modelo. Entre eles, vale destacar a Isla Bolsas. A empresa, com quatro anos de mercado, é de Belo Horizonte e que vende para todo o Brasil. A jovem Silvia Monteiro é a responsável pelas criações, que ganham diferentes matérias-primas, como acrílico, tecidos, metais nobres e pedras coloridas.

Já para a designer e empresária Cris Pineroli, de Curitiba, proprietária da grife homônima, as clutches caíram no gosto do público e seus consumidores estão cada vez mais exigentes com a qualidade de acabamento e diversidade de revestimentos. A marca trabalha com couro exótico e está presente no MTP desde sua primeira edição. Nesta coleção de verão, destaque para o modelo revestido com chifre de boi polido e acabamento de phyton com seda.

Segundo Cris, a grande novidade no tamanho maxi é a proposta do acréscimo de fólen, que é o espaço lateral no modelo envelope. “A bolsa pode acompanhar a mulher do trabalho até ao happy hour com as amigas. Neste modelo cabe carteira, maquiagem e o que mais precisar”, conta ela.

No estande da paulista Donna Brasil, o empresário Marcos Gobbi, que tem 15 anos de mercado, disse que evoluir é indispensável, por isso investe pesado na pesquisa de materiais. “A intenção é fazer com que as peças pareçam joias, e aproveitando a tendência dos brilhos, estamos apostando nas pedrarias de diversas cores, além de glitter e cetim”. O empresário disse que o carro-chefe da marca é o tradicional modelo estojo e que, para garantir ainda mais opções de uso, todos os seus modelos vêm com alças que extrapolam a simples corrente fininha. “Até nisso está a nossa inovação”, ele assume.

Este acessório promete mesmo ser um dos itens indispensáveis do verão, em formatos geométricos ou estruturados. A clutch vai bem com um vestido estampado até com um look social, coordenando as cores da roupa com o acessório.

Dica quente: Em eventos mais formais, vale apostar em clutches criadas em tecidos mais finos e com detalhes mais requintados. Um bom exemplo é a coleção de verão da Vivaz, que desfilou na Praça da Liberdade, e apresentou vários modelos deste acessório. Apesar de ser uma marca tradicional em vestuário, as proprietárias perceberam que a peça já é hit e investem nessa tendência para a próxima estação.

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Minas Trend / Moda'