Mulher adora aparecer. E para ser vista, muitas lançam mão de um bom salto. E se ele puder agregar conforto, o look fica ainda mais agradável. E é assim que vemos o salto anabela.

Para quem não sabe, ele surgiu em 1936, durante a 2ª Guerra Mundial, com Salvatore Ferragamo. Na época, Ferragamo, que sempre esteve à frente da sua época, precisou lançar mão de algo novo, já que os materiais eram escassos. Foi aí que o mestre dos sapatos viu nas velhas rolhas de vinho uma super alternativa para produzir aquela que seria uma mega novidade. E foi.

 

A versatilidade do calçado impressiona! Combina com calça (anote o truque de styling: dobre a barra!), fica fofo com vestido e tudo mais que te vier à mente, sem exageros!

Para começar, é fundamental ter um par neutro na sua coleção. Ela é boa para quebrar o galho na hora que você não tem tempo para pensar muito no look e precisa sair sem muita firula. O modelo é tão necessário que todas as marcas sempre trazem algumas releituras, principalmente na coleção de verão. E pelo o que vimos por aí, a cortiça agora divide espaço com os saltos revestidos com corda – eles invadiram a estação!

Mas, se você já tem o básico, chegou a próxima etapa: é hora de ousar! Por que não investir em um modelo todo estampado e com pedras? A peça da Luiza Barcelos traz esse toque alegre sem ser exagerado, assim como a opção da Schutz. Imagine usá-las com jeans e camisa branca? Pode ter certeza que vai ter gente virando o pescoço quando você passar, tudo para olhar melhor os seus pés!

Não interessa como são: lisas, metalizadas, estampadas, neutras ou chamativas. A anabela mostrou que veio para ficar. Ferragamo, o nosso obrigado pela invenção!

4 Respostas para “Suba no salto anabela!”

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Moda / Tendências'