Débora Müller foi eleita pela nossa equipe como a “Miss Simpatia da 34ª edição do SPFW”. A modelo, que tem apenas 20 anos e três de carreira, já é dona de um currículo respeitável. Para se ter uma ideia, por duas vezes consecutivas ela foi a brasileira que mais realizou desfiles em uma temporada internacional. Em 2011, durante as apresentações de inverno, foram 48 shows. É muita coisa, né?

E a bela paranaense, que nasceu em Pato Branco, diz que uma das coisas mais bacanas da sua profissão são as viagens. “A melhor coisa de ser modelo são as oportunidades que a gente tem de viajar e conhecer culturas diferentes. Porque, mesmo que eu vá a algum lugar a trabalho, sempre sobra um tempinho para conhecer a cidade e os pontos turísticos”, conta Débora.

No seu currículo, desfiles para grifes renomadas, como Hermès, Lanvin, Valentino, Yves Saint Laurent, Dolce & Gabbana, Burberry, Miu Miu, Marc Jacobs, entre outras. E neste último SPFW ela continuou no ritmo acelerado e desfilou para 14 marcas.


Encontramos com Débora no backstage da Forum. Primeiro fizemos uma matéria super bacana com ela, para o Pátio Magazine. Aqui, Müller narra um pouquinho como é um dia de modelo em uma temporada de moda. Vale ler!

E para encarar o dia corrido, que começou com o desfile da Gloria Coelho, às 11h, e terminou com Forum, às 21h, Débora precisava de um look confortável e charmoso. A sacada da modelo foi investir no vestido longo, preto, com leve transparência e detalhe de renda.

Para completar o visual e proteger de ventinhos desagradáveis, Débora apostou no blazer branco. “É muito gelado dentro do backstage”, explica sua escolha. O arremate ficou por conta do cinto de metal e couro, da Mango, do slipper com aplicações brilhantes, da Topshop, e da bolsa tipo box, com detalhes dourados, da Chloé. A produção ficou linda. Mas, mais linda ainda é a Débora, que é um doce de menina.

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Moda de Rua'