Ronaldo Fraga é um orgulho nosso, de Minas Gerais. O estilista tem anos de experiência e ninguém toca a sua fatia do mercado de moda. Poucas e grandes figuras do mundo fashion podem dizer o mesmo, como Glória Coelho e Alexandre Herchcovitch. Eles são capazes de manter sua identidade de trabalho sem se contaminarem com a moda “comum” e nos permitem viajar vendo suas coleções.

Adoramos visitar backstages, descobrir curiosidades e ver parte do espetáculo antes de todo mundo. E as melhores descobertas acontecem quando o beauty artist Marcos Costa está sob o comando. Acho que já citamos isso na edição passada, mas gostamos de repetir. Apesar da correria e tempo apertado para desenvolver o trabalho, Marcos sempre tem o cuidado de conversar com os jornalistas, responder perguntas e tudo mais. É um fofo!

Para o inverno de Ronaldo Fraga, as referências vieram da obra de Paulo Marques de Oliveira, “O fim do cem, fim…”. As referências aos desenhos e textos de Oliveira apareceram de maneira mais literal em estampas da nova coleção.

Na composição, o charme extra ficou por conta das tranças que, em comprimentos variados, de 50 cm à 2 mt, se transformaram em acessórios na passarela. Ora pulseiras, ora maxi colares. O cabelo das modelos foi preso bem grudadinho na cabeça, o acabamento com o aplique foi feito em coque na parte de trás. Com leve toque de cor, um feixe de tecido foi amarrado na união das partes e trouxe uma alegria, que não era romântica, como o próprio Marcos nos disse. “Esta foi uma ideia que veio super em cima da hora, que surgiu do próprio Ronaldo”, revela.

Como a proposta era manter um look limpo e natural, as unhas tinham o tom nude, da Colorama. Já no make, todos os produtos usados são Natura Una, da coleção Expressões de Verão. A proposta do beauty artist era desenvolver uma maquiagem que se adequa ao nosso dia-a-dia. “Sai da passarela e vai pra qualquer lugar”, garante.

A pele estava levemente corrigida, bem viçosa. Para conquistar esse efeito, Marcos usou base e, em seguida o blush iluminador, que ficou um pouco mais marcado ao ser aplicado com pincel chanfrado para dar contorno. O produto faz um mix entre fosco e brilhante. Para os lábios, a cor escolhida foi o batom boca 2, que deu efeito natural. Nos olhos, máscara preta, e sobrancelha sem retoques. Marcos define o trabalho como “ironia da beleza”, e explica: “a trança de vários tamanhos remete à ironia, não há romantismo, é contemporâneo”.

É claro que aproveitamos a simpatia do moço para descobrir quais são as suas dicas para este verão, né? Ele nos contou o seguinte: pele bem cuidada e boca laranja pink. Indicou o batom laranja cor 6, da linha Aquarela, e o rosa 4, de Natura Una. Outra aposta do expert é o delineador azul turquesa. Para ele, o grafite azulado é o novo preto para os olhos. Resumo: se jogue nas cores e viva o verão!

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Beleza / Passarelas'