“Fomos procurar uma praia que falasse com a Cavalera e, em nossa pesquisa, chegamos a Salvador”, conta Igor de Barros, coordenador de estilo da grife paulista. E a capital baiana foi escolhida porque, apesar de possuir praias belas e exalar brasilidade, ela é essencialmente urbana. “Salvador tem a poesia e agressividade que procurávamos para a coleção. Não adiantava chegar apenas a uma praia linda e romântica, era necessário um ambiente com o nosso tradicional rock´n´roll”, explica.

Para compor a coleção de verão, Igor e sua equipe pesquisaram os diversos aspectos da cidade. Visitaram os universos degradados e transmitiram essa ideia para as estampas e nas cores das peças. Além disso, o musgo impregnado, o enferrujado no metal e o infiltrado nas paredes também foram inspiração para detalhes inusitados e estamparia. “O degradado aparece em diversos pontos da coleção. E para criar, usamos várias matérias naturais, com algodão, e acabamentos tecnológicos”, declara.

Backstage improvisado nos fundos do ferro velho. Destaque para os sapatos incríveis, com aplicações em metal.

Vale ressaltar também para a mistura de peças metalizadas, feitas com matérias-primas que trazem fios de algodão, para garantir o conforto que o verão pede. A coleção ainda expressa um clima street wear, característico da marca, e shapes que mesclam contemporaneidade ao conforto.

E o verão da Cavalera, rico em referências, detalhes e materiais, foi exibido em um palco completamente inusitado. Todo mundo sabe que é palavra de ordem, na Cavalera, criar um desfile surpreende, né? Mas, parece que este extrapolou. “Precisávamos de um lugar que tivesse essa força agressiva e poética. Quando chegamos no ferro velho descobrimos que era isso que procurávamos”, conta.

O ferro velho, instalado na Móoca, zona leste de São Paulo, trouxe o cenário perfeito para o fashion show. O interessante é que o espaço é responsável por movimentar cerca de 10.000 toneladas de resíduos metálicos por mês. Tem noção de quanto ferro encontramos por lá? Tem até um trem abandonado! E as grandes máquinas que circulam pelo ferro velho estavam em funcionamento no dia do desfile, deixando o visual ainda mais incrível.

 [nggallery id=66 template=galleryview images=0]

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Moda / SPFW'