Fernanda Yamamoto trouxe uma coleção mais comercial nesta temporada, mas sem perder o seu perfil conceitual, que promove um intercâmbio cultural. Estampas pintadas à mão deram um tom artístico e trouxeram cor ao desfile.

Quem acompanha o trabalho da estilista sabe que ela sempre busca contrariar o senso comum e oferece boas análises e shapes alternativos. Na última edição do SPFW, a inspiração eram as donas de casa dos anos 50 (relembre aqui e aqui) e, para o inverno 2014, o viés é oriental, que já lhe é tão natural.

Para a beleza do desfile, o querido beauty artist Marcos Costa bebeu das águas nipônicas para compor o visual. O aspecto era de uma pele bem feita e natural, com brilho leve e destaque para dois pontos: olhos e boca. “Misturamos dois clássicos da make: delineado e boca vermelha”, revelou.

Nos olhos, destaque para o traço mais gráfico, feito com delineador preto de caneta, com um puxado triangular, até quase chegar às sobrancelhas. Marcos contou que “fazer o delineado com caneta garante mais precisão e que a aderência e durabilidade do produto são excelentes”, completa. O segundo e último item foi a máscara preta, aplicada apenas nos cílios superiores. O blush foi bem discreto e foi usado de forma suave, como “um sopro”, nas maçãs do rosto.

Já nos lábios, aprendemos um segredinho do expert, que misturou dois tons de vermelho: o 50 e 51, de Natura Una. O escuro ficou mais no contorno e o mais vivo cobriu o restante dos lábios. “A intenção é dar um efeito ombré”, revelou.

Para o cabelo, Marcos quis dar um toque jovem. Trouxe um coque bem puxado, no topo da cabeça. O começo do penteado é um rabo bem alto. A parte solta foi modelada com uma redinha e grampos. O restante foi preso na parte de trás. “Curti o resultado e dá para copiar”, completou.

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Beleza / Passarelas'