Mesmo com uma aparência nada atrativa, muita gente adora adicionar cogumelos em suas receitas. Os mais variados tipos deste alimento (são mais de 30 espécies comestíveis cultivadas no mundo) garantem um sabor extra até mesmo para pratos triviais. Mas, o que pouca gente sabe é que estes fungos são muito nutritivos e oferecem uma série de benefícios para nosso organismo.

Champignon, shiitake e shimeji são apenas alguns dos tipos de cogumelo que já são consumidos pelos brasileiros. Mas, não é apenas pelo sabor inconfundível que estes fungos devem ser ingeridos. Conversamos com o nutricionista Heber Rafael, da Nutriu Fit, e ele destacou a importância de incluir este alimento em nossa dieta. “Pesquisas científicas demonstram que os cogumelos, por meio de seus compostos bioativos, exercem efeitos medicinais, farmacológicos e nutricionais”, destaca.

Dentro deste contexto, é possível destacar, principalmente, suas propriedades anti-inflamatórioas, antivirais e anticarcinogênicas. Isso porque os cogumelos são uma excelente fonte de antioxidantes, vitaminas e minerais e atuam como verdadeiros defensores do nosso organismo.

O mais bacana é que esses benefícios são encontrados em todas as espécies de cogumelos comestíveis, em maior ou menor proporção. E este alimento promete satisfazer os mais exigentes paladares, já que pode ser consumido fresco ou seco, e de várias formas: em molhos, em sopas, em conserva ou acompanhando pizzas, massas e risotos. Já pensou arriscar incluir cogumelos em sua receita de quiche? Ou ainda incrementar seu omelete com este fungo?

Vale destacar que os cogumelos também são uma ótima fonte de fibras e apresentam baixo teor lipídico. Mas, é importante ficar atento: apesar de possuírem boa quantidade de proteína, este alimento não é indicado como fonte proteica em dietas vegetarianas.

E você? Gosta de incluir esta iguaria em suas receitas? Qual seu prato favorito?

 

Uma Resposta para “Quais são os benefícios dos cogumelos?”

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Beleza / Saúde'