Após várias semanas de moda no currículo, nos acostumamos a sempre encontrar pelos backstages rostos já conhecidos além das capas de revista. E entre esperas, entrevistas e correrias, passamos a desvendar um pouco mais da personalidade de modelos que dominam passarelas com passos firmes e fascinam com suas poses em editoriais.

Assim acontece com Alícia Kuczman. A cada temporada, descobrimos um pouco mais da paranaense que rouba a cena nos bastidores com sua energia que parece inesgotável. Durante o Dragão Fashion Brasil, a modelo foi presença constante nos desfiles, sempre abrindo ou fechando as apresentações, atuação de uma verdadeira top.

E foi em um bate-papo informal e tranquilo, sentada no meio fio do Terminal de Passageiros de Fortaleza, onde aconteceu o DFB, que Alícia se mostrou ainda mais e nos expôs um lado seu que vai muito além da vida de modelo.

Acostumada a fazer várias semanas de moda por temporada, ela contou que optou por reduzir o ritmo nos últimos tempos. Dessa vez, resolveu que faria apenas SPFW e o Dragão. O motivo? “Tive um problema de saúde, de tireoide, e precisei parar para cuidar disso. Fazia exame de sangue toda semana! Foi bem delicado e chato de tratar”, revelou.

alicia-kuczman-fashionistando-04

Alicia em ação!

Assim que descobriu a doença, Alícia resolveu que era hora de se cuidar e deixar a correria da profissão um pouco de lado. Depois que a doença estava sob controle, ela se inscreveu no reconhecido curso de preparação de atores da Fátima Toledo, responsável por preparar elencos de filmes como “Tropa de Elite” e “Cidade de Deus”. “Sou da opinião que se não fizermos agora o que temos vontade, acabamos não fazendo. E essa foi a melhor coisa que já fiz na minha vida“.

Para quem não conhece, Fátima é conhecida por utilizar métodos que exigem o máximo de seus alunos, levando-os até mesmo a um esgotamento emocional. E foi exatamente isso que Alícia buscou no curso: “A Fátima te destrói como pessoa para depois você construir o ator dentro dessa nova pessoa. Ela não ensina a atuar, ela tira o ator que tem dentro de você. Não te ensina a chorar, ela faz você chorar. É um processo emocional muito intenso, rico e complexo. Mexeu demais comigo. Não posso revelar como é, mas recomendo para todo mundo”, contou.

Sobre a possibilidade de se tornar atriz, a modelo conta que não vislumbra esse caminho, mas que também não negaria alguma oportunidade. Como se auto define uma pessoa intensa e profunda, já dá pra imaginar que não é do seu estilo recusar uma proposta dessas, caso apareça um convite. “A vida é uma surpresa e adoro desafios. Não tenho limites para nada! Amo viver o estado máximo de êxtase, de consciência e presença plenas”. E o que causa essa sensação nela? “O amor em tudo o que me proponho fazer! Se não tiver amor, não tem vida. Tem uma frase que meu marido sempre me fala que é ‘se não tiver amor, não te demores’ e é isso. Não me demoro em nada onde não haja amor”.

alicia-kuczman-fashionistando-03

Registros de backstage

Rotina e viagens

Não é novidade para ninguém que rotina é algo raro na vida de uma modelo. Aeroporto e quarto de hotel são como segundas casas, e cada dia é marcado por uma programação diferente. E uma pergunta que sempre fica é: como elas fazem para trazer um pouco de “normalidade” a esse contexto? É possível criar algum tipo de rotina mesmo nesse ritmo frenético?

Alícia não abre mão de um ritual no seu dia a dia e engana-se quem pensa que é algo ligado à academia, exercícios ou procedimentos estéticos. “Chocolate quente! Eu viajo sem calcinha, mas não viajo sem meu kit: barra de chocolate, leite de amêndoa ou castanha e minha maquininha aeroccino. Minha mãe diz que sou movida a chocolate e sou mesmo chocólatra assumida. Não passo um dia sequer sem isso. E essa é minha rotina!”, revelou. Curioso, né? Especialmente vindo de alguém que exibe um shape invejável na passarela.

alicia-kuczman-fashionistando-01

Vício: chocolate | Viagem inesquecível: Marrocos

E como viagens são uma constante em sua vida, é extensa a lista de destinos em que a modelo já fez check-in. Sendo assim, não é de se estranhar que haja algum em que seu coração bata mais forte e que tenha uma maior identificação. E, mais uma vez, ela surpreende em sua resposta: “Sou muito fascinada pelo oriente, tenho uma ligação, algo me toca lá. Fui ao Marrocos em dezembro do ano passado trabalhar e fiquei um dia em Casablanca em conexão. Quando toca o sinal no auto falante para todo mundo começar a rezar, a cidade inteira para e existe algo ali que me toca profundamente, que fala direto comigo. Não sei o que é, mas é um fascínio com essa cultura. Também tenho o sonho de conhecer Índia, Tailândia, Camboja e Laos. Quero conhecer o mundo! Quero carimbar meu passaporte em todo lugar”, assume a bela.

alicia-kuczman-fashionistando-02

Não há dúvida de que com tanta energia e intensidade, ela vai ganhar o mundo, como já ganhou as passarelas!

 

Imagens: Fernanda Figueiredo e reprodução

3 Respostas para “Profissão modelo: Alícia “intensa” Kuczman”

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Entrevistas / Radar'