Todo mundo sabe que o forte do Minas Trend é o Salão de Negócios. Mas, a cada temporada, o evento, que é um dos principais do país, nos presenteia com alguns desfiles inspiradores. E a gente diz presenteia porque, se levarmos em conta a apresentação que a Vivaz fez ontem, abrindo o line up de desfiles do evento, podemos sim concluir que é um afago para os olhos de quem ama moda.

Admiramos a marca e o trabalho desta família (Beth, Camila e Isabela Faria) justamente porque elas sabem se reinventar. Mais do mesmo a gente não vê por lá. E sim um turbilhão de novas ideias para trazer algo fresco, diferenciado e, assim, quem sabe, driblar este momento de “crise” e desânimo que assola o país. E quer saber? Fazemos votos de muitas vendas durante o MW. Afinal, a coleção está instigando quem vê…


“Em uma época em que todos estão receosos, decidimos surpreender, criamos algo para nos tirar da nossa zona de conforto”, afirma Camila, uma das estilistas da marca. E assim, surgem shapes lânguidos, que fazem referência aos anos 70 e que foram os modelos escolhidos para abrir o fashion show.

E no segundo momento, surgiram shapes mais próximos ao corpo, fazendo referência as guerreiras e amazonas. “São modelos com mais decote, cintura marcada e, por mais que sejam lânguidos, eles ainda marcam e desenham o corpo”, explica. Para fechar o desfile, muitas saias godês e corseletes, do tipo princesa.


Mas, por mais que os shapes apareçam repaginados, foram outros dois detalhes que nos chamaram atenção: os tons terrosos e os “patches”. Onde já se viu escolher marrom para fazer vestido de festa? Bom, a Vivaz pensou nisso, ousou, nos surpreendeu e ganhou muitos elogios. “Marrom para festa é uma aposta nova. Pode parecer estranho no primeiro momento. Mas, quando você vê o vestido pronto e a roupa no corpo, você se apaixona”, conta Camila.


Já as “patches”, que aparecem bordadas, fazendo sobreposições, trazem um toque contemporâneo e muito exclusivo para as produções. E o seu desenvolvimento é feito de um jeito super artesanal: são bordados na manequim! Elas trazem um efeito de franja e ainda a ideia de armadura. “É um bordado diferente, que a gente já tinha feito na coleção Códigos da Trajetória. Mas, agora variamos os materiais: usamos correntes, pérolas e miçangas. Ousamos para ficar um pouco mais pesado e trazer a imagem desta mulher guerreira”.

Um dos destaques do show foi a participação da top Fernanda Liz com exclusividade. Giovanni Frasson assinou o styling do desfile e Ricardo dos Anjos a beleza.

Fotos: Agência Fotosite | Zé Takahashi

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Minas Trend / Moda'