Nascido no Brasil, criado em Londres. É assim que o estilista brasileiro, radicado na capital inglesa, se descreve. Conhecido por seu estilo peculiar não só nas roupas, mas também no cabelo, Lucas Nascimento vem ganhando destaque internacional. O motivo? Sua técnica diferenciada para trabalhar com malhas, o que garante um resultado muito sofisticado.

A paixão pela moda veio lá de trás, quando aprendeu alguns destes métodos com sua mãe. O estilista nasceu em Assis, no interior de São Paulo, e com apenas três anos mudou para Bonito, onde viveu toda sua adolescência.

Já na fase adulta, após trabalhar como assistente dos stylists Daniel Ueda e Thiago Ferraz, Lucas foi para Londres para estudar inglês e, claro, se apaixonou pelo ar cosmopolita da capital e sua diversidade cultural. Depois de três anos na cidade, entrou para a renomada London College of Fashion, onde se especializou em malharia.

Após estagiar com Sid Bryan, expert em tricô e colaborador da grife Alexander McQueen, e de trabalhar como consultor para algumas fábricas no Brasil, decidiu, em 2009, fundar sua própria marca, por influência de alguns amigos.

O estilista participou por três temporadas do Fashion Rio e, em 2010, foi convidado a integrar o line up da semana de moda de Londres, onde já se apresenta há quatro anos como um dos estilistas na categoria NewGen.

E por causa do seu trabalho autoral, o brasileiro tem sido aclamado por influentes mídias internacionais, inclusive pela Vogue britânica, que o elegeu um dos quatro designers mais promissores da atualidade. Além disso, no ano passado a publicação o incluiu no seu seleto dicionário. Mais do que merecido.

As peças de malharia do estilista trazem texturas e formas surpreendentes, que são a base de sua estética minimalista e muito jovial. Seu trabalho tem um olhar sutil e contemporâneo.

E em sua nova coleção, que foi apresentada durante a última edição do London Fashion Week, que aconteceu em setembro, o estilista combinou ao tricô o uso de novos tecidos, como o couro e a seda. Além disso, vestidos foram desconstruídos e complementados com tops de cores correspondentes, fazendo uma brincadeira de esconde/mostra original, garantindo uma forte identidade visual ao desfile.

A cartela de cores para a temporada primavera/verão 2015 explorou cores como tangerina e amarelo mostarda. Os outfits foram finalizados com um par de sapatilhas de pontas.

Ao ser questionado sobre sua ligação com o Brasil, o estilista confessa que uma maior inserção no mercado nacional é um dos seus planos para o futuro, pois pretende estreitar os laços com seu país de origem e continuar a representá-lo no exterior. Segundo Lucas, o fato de morar há tantos anos na Inglaterra permitiu que suas peças tivessem uma forte aceitação internacional. Entretanto, o designer se diz ainda muito ligado as cores do Brasil e afirma que, se tivesse olhos apenas para a Inglaterra, suas coleções seriam sempre cinzas ou em preto e branco.

Lucas Nascimento cria peças para uma mulher firme, determinada, autoconfiante, sofisticada e, ao mesmo tempo, descontraída. Você já conhecia o trabalho dele? Fique atenta, pois este é um nome para ficarmos de olho!

Fotos: Reprodução

Uma Resposta para “Lucas Nascimento: Estilista brasileiro”

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Entrevistas / Radar'