“Se os jardins de Versalhes são encantadores?
Câmeras nas mãos!
É das coisas mais lindas do mundo!”

Eu achei que era meio “perder viagem” ir ver os jardins de Versalhes. Mas, me entendam, tem coisas que me trazem um extremo mau humor de graça, assim, só para fazer charme. Pegamos o trem e fomos num sacolejo preguiçoso até a tal Versalhes. A cidade em si é linda! A estação um encantozinho a parte, que dá fotos boas por causa dos vitrais que recebem um sol tímido.

Da estação até o palácio é a pé! E que delícia de caminhada em ruas largas, num lugar da Europa que lembra muito um bairro nobre, por causa de suas casas luxuosas e os carros circulantes. Mc Donald’s e outros restaurantes fast food disputam os turistas com seu wifi sedutor e a promessa de um menu mais elaborado (mentira). Deixamos para a volta.

Se tiver como levar uma fruta na mochila é bem recomendado, mas se você não é esse tipo de turista econômico e não vê beleza em se sentar em um dos jardins mais lindo do mundo comendo uma maçã, haverá opções de restaurantes carerérrimos para que você despeje euros na cidade francesa. Vale a pena também! E não estou sendo crítico, vale a pena mesmo! Tem um restaurante na beira do lago que é um charme.

Estando no Palácio, adentrar e caminhar em suas salas é uma opção (FAÇA!). Dizem que é lindo, mas eu claro me neguei a bater perna. Fui até a entrada, dei uma olhada de leve e constatei que a pré-ida ao Louvre havia me tirado toda a vontade de desfilar pelas inúmeras salas daquele imenso lugar. Preferi os jardins, que são um programa à parte. Se tiver como, vá um dia para o Palácio e outro para os jardins, seria o ideal.

Onde fica o Palácio de Versalhes:
Place d’Armes, 78000 – Versalhes
Mais informações, aqui.

Quer saber mais sobre a França? Confira aqui uma dica de restaurante em Paris e aqui dicas de passeios na cidade.

Crédito fotos: Rodrigo Ávila

Uma Resposta para “Jardins de Versalhes”

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Roteiros / Turista'