Não é segredo para ninguém que a gente é fã da Jardin. Afinal, Bhárbara Renault tem um talento fora da média. Seu olhar é aguçado, suas ideias vanguardistas e suas criações são extremamente autorais. Ela sabe como poucos brincar com as formas, recortes e mesclar materiais de forma harmônica.

E é bom saber que tem mais gente por aí reconhecendo o talento da estilista mineira. Tanto é que a ABIT convidou Bhárbara para desembarcar com sua Jardin em Paris, na feira “Who’s Next”. “Eles visitaram meu stand nas últimas edições do Minas Trend. Foi no evento que eles me descobriram”, conta Bhárbara. E na edição que aconteceu em abril deste ano, um representante da ABIT levou a responsável pela feira no Brasil para conhecer as criações da estilista. Junto com a visita, veio o convite.

Para quem não sabe, a “Who’s Next” é focada em prêt-à-porter e recebe lojistas do mundo todo. A feira começou no último sábado, dia 6, e vai até amanhã, 9 de julho. Por lá, as marcas ficaram separadas por segmentos. “Como a Jardin é um casual chique, mais conceitual, os organizadores me colocaram em um setor chamado Private”, conta Bhárbara.

Além disso, a feira também promove fóruns de tendência, desfiles e seminários. “É um dos maiores eventos do mundo. Eu já conhecia, pois quando fiz o mestrado na França, visitamos o evento. Durante a feira quero fazer muitos contatos e, se possível, bons negócios”, diz.

ANTECIPANDO TENDÊNCIAS

Algumas peças da coleção verão 2014 da Jardin foram escolhidas pelo Bureau de Pesquisa de Tendências Nelly Rodi para compor o acervo de uma exposição que acontece durante a feira. Em meio a 2.000 marcas participantes do evento, quatro peças da Jardin foram selecionadas para compor a mostra, que busca revelar as apostas para a estação. “Fiquei muito feliz, pois poucas marcas entraram”, diz.

O VERÃO DA JARDIN

A coleção que Bhárbara levou para a “Who’s Next” foi inspirada no rico trabalho de Oscar Niemeyer. Para dar vida às peças, a estilista explorou as linhas  de projetos icônicos do arquiteto, que resultaram em modelos recheados de detalhes inusitados e recortes, que são típicos da grife. Já a cartela de cores traz tonalidades presentes na natureza tropical brasileira, como verde bandeira e amarelo sol, além de matizes de cinza, que remetem ao concreto de suas obras.

[nggallery id=133 template=galleryview images=0]

Veja também:

Entrevista: Bhárbara Renault

Desfile: O Inverno da Jardin

 

3 Respostas para “Jardin desembarca em Paris”

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Compras em BH / Moda'