Estamos à mil na cobertura da 38ª edição do São Paulo Fashion Week. E a tradicional Iódice, que tem história no line-up do evento, prova que as passarelas montadas no Parque Cândido Portinari podem trazer muito mais do que novas tendências. É possível – e necessário – promover ação social neste grande momento para a moda nacional. E esse é um dos compromissos do competente Valdemar Iódice para esta temporada.

Sempre em busca de traçar a perfeita silhueta em cada peça desenvolvida, o diretor criativo da marca mantém o seu fascínio pela feminilidade e sofisticação do trabalho artesanal. Prova disso é a grande parceria firmada para o fashion show desta edição. Valdemar se uniu a mineira Raquell Guimarães, para apresentar uma novidade e, ao mesmo tempo, uma ação incrível.

Raquell já foi notícia em todo o país por comandar o Projeto Flor de Lótus, que tem o intuito de trazer inclusão social através do tricô a dois presídios de Minas Gerais.

E no desfile desta quarta-feira serão apresentadas 20 peças produzidas por oito detentos. Essa iniciativa dialoga perfeitamente com o tema da coleção, que traz inspiração na tribo Woodabe, originária da Nigéria, com peças que conversam com o universo africano por meio do crochê.

Tomara que ações como essa se tornem cada vez mais tendência, né? Estamos ansiosas para conferir de perto o sucesso desse trabalho!

#fashionistandonospfw

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Moda / SPFW'