A Ellus promoveu um encontro inusitado, que promete deixar nosso verão muito mais interessante. “Nossa inspiração foi uma viagem para a Índia, de motorcycle. O motocross já é algo que tem tudo a ver com a história da Ellus e, ao misturá-lo com a Índia, é possível fazer uma leitura urbana e contemporânea do país”, explica Adriana Bozon, estilista da grife.

Para criar a coleção, Adriana precisou visitar este exótico lugar algumas vezes. “Fizemos duas viagens para fazer pesquisas. Mas, eu já tinha ido várias vezes e estava guardando esta inspiração para usá-la na hora certa”, conta.

Tanto é que, há quatro anos, em uma das idas da estilista à Índia, ela garantiu um tapete com uma estampa bem típica que, nesta temporada, serviu como ponto de partida para um print da coleção. “Fizemos uma versão digital desta estampa de tapeçaria e aplicamos tanto em tecidos mais fluidos, quanto em calças e saias”. Para complementar, as peças que ganharam este print foram rebordadas com paetês espelhados. Destaque também para a estampa floral, meio borrada, que remete aos ikats.

Outra sacada da grife nesta estação foi usar o jeans do lado avesso, o que resultou em peças em um tom azul bem claro. “Estes itens também foram rebordados com espelhos”, completa.

[nggallery id=109 template=galleryview images=0]

Enquanto a Índia marca presença em meio as estampas e bordados, a pegada motorcycle surge principalmente nas formas e silhuetas. Calças, jaquetas e macacões traduzem este estilo. E o couro, outro ponto forte da Ellus, surge ora estampado, ora furadinho.

Mas, o ponto alto da coleção são as peças que fecharam o desfile. “Estes modelos foram bordados na Índia. A parte de cima é um couro metalizado e a parte de baixo ganhou este bordado típico, super luxuoso”, completa.

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Moda / SPFW'