Um dos desfiles mais aguardados desta temporada do SPFW foi o de Vitorino Campos. O estilista baiano, que também é diretor criativo da Animale, abriu o line up do 2º dia do evento com uma apresentação externa, na Galeria OVO.

E durante o desfile, muita coisa chamou atenção: as peças em tons alegres, como azul bic, vermelho, roxo, os xadrezes também em cores fortes e marcantes, a alfaiataria impecável, com formas amplas, o uso das meias com sandálias (lembra da matéria que fizemos durante a LFW?) e as parkas que, há algumas temporadas, se transformarem em nossas queridinhas.

vitorino-campos-spfw-fashionistando

Porém, em meio a tantos detalhes importantes e bem planejados, queremos destacar um deles: as bolsas! E para nossa alegria, os acessórios foram produzidos por uma mineira: Marcella Lima.

A designer nos contou que Vitorino conheceu seu trabalho durante sua formatura no Istituto Europeo di Design. “Ele viu a coleção que desenvolvi para minha formatura, gostou e pediu para desenvolver para o desfile”, diz Marcella, com muita naturalidade. Mas, tinha que ser assim. A escola dela vai muito além das salas de aula. Para quem não sabe, Marcella é filha do estilista Rogério Lima, uma das maiores referências no Brasil quando o assunto é bolsa. E já que é assim, ela cresceu neste meio, rodeada de couro, croquis e muitas ideias.

bolsas-desfile-vitorino-campos-spfw

E para o desfile de Vitorino Campos, a estilista explorou diferentes materiais e misturou muitas cores. “Trabalhei com aerado, um tecido esportivo, com o couro fizemos bordas de floter preto e também utilizei um tecido de bolinhas, que eles já utilizam no grupo e o Vitorino optou por trazer para as bolsas, pensando também no reaproveitamento de materiais. E as alças são de cordas! São peças sofisticadas, mas também divertidas e jovens”, conta Marcella.

Vitorino Campos SPFW - N43 Março / 2017 foto: Paulo Reis / FOTOSITE

Vitorino Campos | SPFW – N43 | foto: Paulo Reis / FOTOSITE

As bolsas fazem parte do pré-lançamento da DIWO, marca que ainda está nascendo e deve ser lançada oficialmente ainda neste semestre. Ela será uma label colaborativa, ou seja, a cada coleção Marcella irá convidar uma pessoa diferente, para desenvolverem juntos. “Existe muita gente bacana em Minas, no Brasil, pessoas criativas e que querem trabalhar, mas não tem meios. E eu posso oferecer isso, minha família tem um histórico com bolsas, um know-how muito grande e isso eu posso trazer para o mercado. E assim, agregar as pessoas, criar coisas novas e devolver tudo isso em forma de produto”, explica animada.

bolsas-desfile-vitorino-campos-spfw-fashionistando

Uma coisa é fato: se depender da prévia que a foi apresentada no desfile de Vitorino, a DIWO, que significa “do it with others” (faça com os outros), já é sucesso!

 

002_RODAPE_SPFW_2016

3 Respostas para “Estilista mineira apresenta coleção de bolsas no SPFW”

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Moda / SPFW'