Minas Gerais é referência não apenas na moda festa. Quando o assunto é tricô, nosso estado também se revela uma poderosa potência. Prova disso é que, em nove desfiles desta temporada, dois eram exclusivamente de tricô.

E uma marca que sempre surpreende na passarela com seu trabalho criativo e diferenciado, é a Natalia Pessoa (ex-FAVEN). Sempre ficamos boquiabertas por ver como uma marca, que usa sempre a mesma matéria-prima, consegue se reinventar.

Para desenvolver a coleção verão 2018, o ponto de partida foram as cores. Nesta pesquisa, a estilista Natália Pessoa e sua equipe optaram por criar looks monocromáticos, com um mix especial de padrões. “Foi um desafio, já que minha marca sempre traz uma mistura de cores”, conta Natália.

Este exercício criativo de fugir do convencional e criar novas possibilidades deu certo. Na passarela, looks brancos, pretos, vermelhos, azuis e, no tom mais vibrante de todos – e favorito da estilista –, o lima. “É uma cor muito iluminada e combina com a brasileira!”, explica.

natalia-pessoa-minas-trend-fashionistando

O mood do desfile era 80´s e essa proposta apareceu principalmente nas leggins e nas mangas volumosas. Mas, também, não faltou feminilidade e sofisticação. Saia plissadas, em diferentes comprimentos, sutis transparências, lurex e babados estratégicos deram o tom da coleção.

natalia-pessoa-minas-trend-fashionistando1

Destaque também para as peças feitas a partir da desconstrução de um clássico do guarda-roupa masculino: o smoking. Vestidos com amarrações e bodies ganharam uma nova releitura graças a esta inusitada brincadeira. O resultado são peças poderosas, que trazem personalidade e informação de moda. Chic!

Fotos: Agência Fotosite

728x90 (1)

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Minas Trend / Moda'