No primeiro semestre compartilhamos por aqui uma notícia que nos deixou super animadas: Marcella Lima, filha do aclamado estilista Rogério Lima, havia acabado de lançar sua marca de bolsas. E o pré-lançamento da Diwo, sua label colaborativa, aconteceu em grande estilo: no desfile de Vitorino Campos, durante o SPFW.

Para quem não sabe, Vitorino é um dos estilistas brasileiros mais respeitados da atualidade. Além de assinar as coleções de sua grife homônima, o baiano também é o diretor criativo da Animale. Ou seja: receber um convite para criar bolsas para o seu desfile na principal semana de moda da América Latina, realmente é um reconhecimento e tanto.

E parece que, de março para cá, a Diwo cresceu, assumiu novas parcerias e se acostumou a participar do SPFW. Isso porque, na edição número 44 do evento, que aconteceu na última semana, Marcella mais uma vez participou de um desfile com suas criações. Desta vez, a LED, marca mineira que participou do TOP 5 (prêmio que é o resultado da parceria entre o Sebrae e Instituto Nacional da Moda (In-Mod)), convidou Marcella Lima para criar peças super modernas para sua estreia na fashion week.

spfw-fashionistando-led-diwo

“Nesta edição, a gente trabalhou com os mesmos materiais da primeira coleção da Diwo, que é o aerado e o couro. E novamente apostei na intervenção das cordas, pois entendo que este é um elemento muito marcante nas minhas bolsas”, explica a estilista. E Marcella ainda destacou que o diferencial desta colaboração com a LED foi a criação de modelagens novas, que dialogassem com a proposta da marca. “A LED desenvolve uma moda livre de gênero e, por isso, fizemos sacolas que podem ser usadas como mochilas, por exemplo, por homens e mulheres”, complementa. Além das sacolas/mochilas, Marcella também investiu em bolsas tipo saco e nas belt bags, que já viraram um hit entre os mais desolados.

spfw-fashionistando-led-diwo.1 spfw-fashionistando-led-diwo.3

“O ponto mais interessante é que, de fato, participamos do processo criativo desta coleção. Alguns elementos da identidade da Diwo também foram explorados nos produtos da LED, como as cores e o uso das cordas. E a colab ficou completa porque a Box19, que criou os acessórios, também apostou nestes elementos. Foi uma troca de conhecimento e saberes…”, finaliza a estilista Marcella Lima.

E a gente fica daqui, torcendo pelo sucesso da Diwo e ansiosas para ver quais serão os próximos passos da marca…

Crédito fotos: Agência Fotosite

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Moda / SPFW'