Muita gente se assustou com a nossa última matéria com dicas de saúde, onde revelamos que o peito de peru não é a delícia que se imagina. Este embutido é rico em sódio e de vários outros componentes maléficos, inclusive cancerígenos. Sendo assim, o ideal é cortar o consumo (leia a matéria aqui).

Agora é hora de falar dos achocolatados. O produto é consumido em grande quantidade, principalmente por crianças, entretanto, não é recomendado. Quem comprova isso é o nutricionista esportivo Vinícius Augusto. “Quem acha que só um pouquinho não faz mal, está muito errado”, afirma.

O especialista revelou que 80% do pote de achocolatado é constituído de açúcar! Na composição existe: açúcar + maltodextrina (açúcar utilizado por atletas + cacau em pó + conservantes (já esta mais que provado que conservantes são cancerígenos).

Alguns podem achar que estão fora dessa zona de risco porque consomem a versão light, mas o nutricionista surpreende ao afirmar que este é ainda pior! “Na fórmula, a quantidade de calorias é menor porque tem menos açúcar. A questão é que o tipo de adoçante usado faz muito mal a saúde: acelera o envelhecimento, aumenta o teor de gordura no corpo, pode levar a diabetes, hiperatividade em crianças, falta de concentração e dificuldade de aprendizado”.

E a última bomba: o tipo de adoçante adicionado aumenta a taxa de Triglicérides no sangue! Como continuar o consumo desse tipo de produto depois de saber dos inúmeros riscos aos quais expomos nossa saúde? Opte pelos sucos naturais, que são ricos em vitaminas!

O nutricionista indica algumas opções para você fazer uma substituição mais saudável: “a versão orgânica é sempre melhor, pois não contém produtos químicos em seu processamento. Outra boa ideia é utilizar o cacau em pó, que pode ser adoçado com o stevia ou um pouquinho de mel“.

Melhor evitar os achocolatados, hein? Medidas simples podem trazer mais disposição e prolongar a vida com mais saúde!

 

Quer entrar em contato com o Vinícius? Basta visitar o site www.nuthree.com.br
ou escrever para viniciusaos@yahoo.com.br

20 Respostas para “Achocolatado: SIM ou NÃO?”

  1. Afinal hoje tudo que é industrializado é pura química e açúcar etc, as industria fatura alto em cima de nós, as propaganda engana, mas mesmo assim não mudará a ideologia dos pais atuais em alimentar seus filhos com produtos naturais, pra eles o que importa é ser rápido e prático.

  2. Marden Rabelo

    Então por favor, me responda? Se o produto tem substâncias cancerígenas, faz muito mal a saúde, porque é liberado sua comercialização? Porque o Ministério da saúde, libera as propagandas destes produtos? Nos rótulos destes produtos, tinha que vir com fotos de pessoas com câncer, igual cigarros!

    • Marisa Biamonti

      Amo achocolatados e faço uso deles a mais de 50 anos. Por todos os problemas apresentados estaria psicografando essa mensagem…
      Vejo muito oportunismo e alarmismo nessas matérias, que provavelmente são pagas por seus autores.
      Num momento o café faz mal, no outro ele é ótimo. Ovo é um veneno, mas em outra ocasião é o salvador da pátria! Gordura animal mata. Já em outro texto a gordura vegetal é um veneno. E ninguém prova nada cientificamente. Aja paciência!!!!

  3. Realmente, Marden, se já está comprovado que são cancerígenos, por que o Ministério da Saúde não colocou fim nisso? Talvez a resposta seja simples: o Governo não vai lutar com uma indústria que lhe dá “rios de dinheiros” em impostos e quem sempre se dá mal são os consumidores.

  4. Preguiça!

    Pronto, agora é o achocolatado que faz mal. Já teve a vez do morango, do ovo, do leite, do açúcar, do sal, do óleo, da margarina, da manteiga, do peito de frango….. O que faz mal é o exagero. Só isto!

  5. Bom temos no mercado achocolatados 0% de Açucar, 0% de glutem e 0% de lactose, porem eles custam em torno de R$ 40,00 200g (bem carinho). Enquanto um Nescau da vida R$ 5,00 200g. A diferença é gritante para se ter uma alimentação saudável em busca de uma qualidade de vida hipoteticamente melhor.

  6. Preguiça 2

    Que preguiça desses nutricionistas radicais: não pode glúten, lactose, achocolatado…enfim, não pode ter sabor.
    Por eles viveríamos a base de suco verde e outras comidinhas sem graça. Isso tudo para SUPOSTAMENTE aumentar a longevidade, mas abolindo os pequenos prazeres ao comer.

    Como já disseram, o segredo é a moderação. Lembrem-se que o ovo já foi condenado e depois absolvido, assim como vários outros alimentos.

    Aliás, gostaria que a tal autora do texto cite os estudos sobre o potencial carcinogênico dos conservantes utilizados nos achocolatados!

  7. Olá, Ludmilla, tudo bem? Li seus comentários e também os comentários do pessoal. Mas me ocorreu dúvidas sobre algumas questões expostas. Se a maltodextrina é assim tão ruim, como relatada por você, como explica a recomendação expressa de nutricionistas (inclusive a minha) de ingerir dextrose junto com whey proteína no pós treino de musculação? Ou como ficam os recentes estudos de órgãos americanos indicando que um achocolatado com leite magro, seria melhor que whey proteína no pós treino? Parece que existe um conflito de opiniões entre o pessoal que simplesmente faz dieta e o pessoal que faz treino com exercícios. Perguntem para os que frequentam academia de maneira séria: todo mundo toma dextrose junto com whey proteína. Aquí temos uma séria contradição: se o açúcar (dextrose) é usado por atletas por recomendação de nutricionistas, não pode ser utilizado numa dieta comum? Qual seria a diferença?

  8. o engraçado é que é sempre os alimentos mais consumidos pela classe média baixa que é a maioridade no páis que são ” proibidos a se consumir” então quer dizer que pra mim ter uma vida saudável vou ter que começar a estudar a chance de eu ser um POLÍTICO futuramente afinal são tantos milhões e mais milhões..

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Beleza / Saúde'