É indiscutível que a Barbie é ícone de beleza e elegância para muitas garotas que, apesar de crescidas, tem a boneca como inspiração. Por isso, o Musée de la Poupée (o Museu da Boneca de Paris) apresenta uma exposição que retrata o charme e requinte dos figurinos pensados para esse ídolo do universo feminino, em um tempo muito especial para a moda: a década de 60.

As peças, distribuídas em 24 vitrines, mostram Barbies com roupas de gala e produções para o cotidiano. Todos os figurinos são perfeitamente detalhados e essa riqueza promete encantar os visitantes. Além do glamour característico da boneca, a exposição também traça um paralelo entre as mulheres reais, dos chamados anos rebeldes, com um charmoso retrato dos usos e costumes desse tempo.

Não é à toa a opção por celebrar esse período com modelitos da boneca mais famosa do mundo: foi nesta época que aconteceu a cartada final rumo a liberdade feminina de se vestir em concordância com suas vontades. Dentro do caldeirão de influências, Audrey Hepburn e Twiggy foram algumas das grandes referências dessas mudanças. Na moda, a revolução era a minissaia de Mary Quant.

Ao final da visita, as meninas que levarem suas Barbies poderão confeccionar um vestido especial para as bonecas em uma oficina. A exposição permanece no Musée de la Poupée até setembro! Se você estiver passeando em Paris, reserve um tempo nos compromissos para conhecer mais sobre a história da moda, da Barbie e também da década de 60!

 

Serviço:
Barbie Rétro Chic

Até o dia 13 de setembro de 2014
Musée de la Poupée Paris (Museu da Boneca de Paris)
Site: www.museedelapoupeeparis.com

 Relembre nosso editorial inspirado no estilo da Twiggy, com Cris Guerra!

 

Deixe uma Resposta

Mais sobre 'Cultura / Radar'